Migrando entre softwares médicos

Com o aumento da concorrência e novas opções tecnológicas, é muito comum que médicos e profissionais da saúde busquem sistemas mais qualificados para atender suas necessidades

Sistemas de gerenciamento são cada vez mais necessários em clínicas e consultórios da área da saúde de todo o país.

O que é um software médico e a quem se destina?

Software médico é um termo abrangente que se refere a qualquer aplicativo, sistema ou plataforma projetada para facilitar operações e procedimentos médicos. Esses softwares podem variar desde simples aplicativos de agendamento de consultas até sistemas complexos de gerenciamento de informações de pacientes, que envolvem prontuários eletrônicos, teleconsultas e automação de funções.

Entre as principais funcionalidades de um software médico estão o gerenciamento e armazenamento de dados de pacientes, agendas personalizadas com agendamentos e lembretes de confirmação de consultas feitas de forma automática, prescrição eletrônica com possibilidade de assinatura digital, criação de modelos de documentos, anamneses personalizadas, protocolos de medicamentos e pedidos de exames, entre outros inúmeros recursos voltados para a automação e simplificação de processos que ocorrem antes, durante e depois a consultas e procedimentos realizados por profissionais de saúde.

Com todos os dados, agendamentos e registros unificados em um só local, o controle e gerenciamento de clínicas e consultórios ficam mais eficientes, mais simples e lucrativos.

Entre o público-alvo, temos os profissionais de saúde em geral, como médicos e suas secretárias, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas, dentistas, fonoaudiólogos, entre todas as demais especialidades que atuem e contribuam com a saúde do paciente, trabalhando com agendamentos, prontuários, fichas de pacientes e controle financeiro desses atendimentos.

A LGPD e o armazenamento de dados em um software médico

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) no Brasil, promulgada em agosto de 2018 e efetivada a partir de agosto de 2020, estabelece diretrizes rigorosas para a coleta, armazenamento, tratamento e compartilhamento de dados pessoais. No contexto dos dados de prontuários médicos, a LGPD tem implicações significativas, garantindo a proteção da privacidade e da segurança das informações dos pacientes. São os princípios básicos da Lei Geral de Proteção de Dados:

  1. Consentimento: O consentimento do titular dos dados é fundamental. Os pacientes devem consentir explicitamente com o uso de seus dados, com exceções para casos específicos como emergências médicas.
  2. Finalidade: Os dados só podem ser coletados com finalidades específicas, legítimas e explícitas, informadas ao titular.
  3. Transparência: As organizações devem ser transparentes sobre como os dados são coletados, usados e armazenados.
  4. Segurança: Deve-se assegurar a proteção dos dados contra acessos não autorizados, perdas ou vazamentos.

Conceitos e termos da aplicação da LGPD em relação aos prontuários médicos:

  1. Coleta de Dados: Ao coletar dados para prontuários, os profissionais de saúde devem informar os pacientes sobre a finalidade da coleta e obter seu consentimento explícito.
  2. Acesso e Uso: O acesso aos prontuários deve ser restrito a profissionais autorizados. O uso das informações deve estar alinhado com a finalidade inicialmente estabelecida.
  3. Armazenamento Seguro: Os prontuários devem ser armazenados de forma segura, protegendo-os contra acesso não autorizado ou acidental.
  4. Direito dos Titulares: Os pacientes têm o direito de acessar seus dados, solicitar correções e, em alguns casos, a eliminação de suas informações.

A LGPD trouxe uma mudança significativa na forma como os dados de prontuários são tratados no Brasil. As instituições de saúde precisam estar vigilantes e proativas para garantir a conformidade com a lei, protegendo assim a privacidade e a segurança dos dados sensíveis dos pacientes. A lei não só resguarda os direitos dos indivíduos sobre seus dados pessoais, mas também estabelece um padrão ético e de responsabilidade para o tratamento dessas informações no setor de saúde.

A migração entre softwares médicos

Com o avanço tecnológico, existem cada vez mais recursos e automações para auxiliar na rotina de trabalho de profissionais da saúde. E, muitas vezes o profissional se depara com novos sistemas que podem agregar valor ao seu negócio e desejam migrar dos seus sistemas atuais para sistemas que oferecem novos recursos e novas funcionalidades.

Essa é uma dinâmica normal nas empresas que desenvolvem sistemas. No caso da VBB Software, desenvolvedora do software médico Consultório Live, um sistema online para o gerenciamento de clínicas e consultórios da área da saúde, é uma tarefa diária migrar novos usuários vindos de outros sistemas.

O Consultório Live é, atualmente, um dos sistemas mais completos do mercado. Ele foi desenvolvido buscando ser o mais completo possível aliado a ferramentas simples e intuitivas, que buscam ser acessíveis mesmo para pessoas com conhecimento reduzido em informática.

Assim, quando um usuário deseja migrar para o nosso programa, o primeiro passo é ele obter seu banco de dados junto ao sistema onde tais dados estão armazenados. Cada sistema tem uma tecnologia e um formato de armazenamento de dados; no entanto, grande parte dos sistemas atuais conseguem exportar os dados no formato .CSV, que é o padrão para que sejam exportados e importados em outros softwares.

No caso do Consultório Live, existindo viabilidade técnica para que a migração dos dados sejam realizadas (o que depende do formato dos dados em que o sistema de origem faz a exportação), nossa equipe técnica faz a importação sem nenhum custo adicional.

Dessa forma, a troca de sistemas é uma espécie de portabilidade onde o usuário pode migrar para aquele que melhor lhe atenda, não sendo a migração dos dados um impeditivo para que a contratação de um novo software médico ocorra.

Jéssica Pereira
Jéssica Pereira
Colaboradora - Apaixonada por tecnologia desde criança, Jéssica gosta de ajudar as pessoas a compreender o funcionamento do mundo digital e falar sobre dicas e tendências de ferramentas que podem facilitar seu dia a dia.

LINKS ÚTEIS

Artigos Recentes